Etiquetagem de pneus: bom para o consumidor e para a GBU Sílica

Notícia publicada dia 31/05/2016

A partir de outubro, todos os pneus de carros, caminhões e ônibus fabricados no Brasil ou importados deverão ser etiquetados de acordo com o Programa Brasileiro de Etiquetagem de Pneus, coordenado pelo Inmetro.Trata-se de um selo semelhante ao que encontramos em geladeiras e outros eletrodomésticos indicando sua eficiência energética. No caso dos pneus, a etiquetagem irá classificá-los de A a G (do mais eficiente ao menos eficiente) em três categorias:  eficiência da rolagem, capacidade de frenagem em piso molhado e nível de ruído.

A novidade é ótima para os consumidores que, na hora de fazer sua compra, saberão quais são os pneus com melhores níveis de segurança e desempenho energético e ambiental. E é também uma excelente notícia para a GBU Sílica. “Pneus mais performantes usam mais sílicas que, entre outros atributos, diminuem a resistência ao rolamento, reduzindo consumo de combustível e emissões de gases”, afirma Paulo Garbelotto, gerente Comercial e Marketing. Com isso, a nossa linha Zeosil® de sílicas de alta dispersabilidade torna-se matéria-prima estratégica para o desenvolvimento de pneus de alta performance. A estimativa é que o mercado de sílicas para pneus no Brasil siga crescendo em torno de 16% ao ano até 2020.

Desenvolvimentos de compostos de borracha com sílicas Zeosil® já estão em curso em todas as indústrias globais com produção no Brasil, como Goodyear, Pirelli, Michelin, Continental e Firestone.

<< Voltar